quarta-feira, 16 de abril de 2008

isso eh verdade


UMA ATITUDE MARCANTE

Maria Eduarda sempre tendeu a agir de forma ousada e singular, entre outras características da sua personalidade que muitas vezes deixa algumas pessoas de boca aberta, em choque e outras ficam espantadas por conter numa única pessoa atitudes fortes, ousadas e peculiares.
Algumas pessoas repudiam Duda por que o ser diferente incomoda e muitas vezes existe certa “inveja” , afinal não basta querer agir tem que saber como fazer para que não seja vulgarizado comportamentos tão singulares e únicos.
Porém sabemos que existe outro grupo de pessoas que admiram e almejam encontrar pessoas tão determinadas e singulares.
Por exemplo o Sr. Café e Maria Eduarda se conheceram num ambiente singular : uma tabacaria, mas a sintonia e empatia entre os dois foi surreal porque parecia que eles já se conheciam de outros carnavais.
Um fato muito importante de ser mencionado é que quando Maria Eduarda pisou pela primeira vez na tabacaria ela estava numa seca quanto a sua produção intelectual, tudo era realizado com muito mais esforço do que anteriormente, pois Duda vivia um momento de ser concha.
Está vivencia de pura introspecção de Duda estava sendo dolorida e muito sofrida psiquicamente, mas quando ela decidiu naquela tarde adentrar na tabacaria, sabia que estaria exterminando alguns fantasmas.
Mas nunca havia imaginado que teria outros benefícios, como encontrar o Sr. Café e além disto fazer novos amigos e até admiradores, tudo por que mesmo não estando vivendo um momento positivo , Duda só conseguia enxergar as feridas que estavam tendo que cicatrizar.
Com o passar do tempo Duda tornou-se uma assídua freqüentadora deste lugar tão especial e ao mesmo tempo um ambiente considerado inapropriado para mulheres, mas o bem estar vivido por ela era maior do que a opinião da sociedade, quanto à presença de uma única mulher num ambiente considerado estritamente masculino e mesmo assim até para os homens o olhar da sociedade não é muito favorável.
Mas esta nossa heroína sabe de quantos benefícios obteve por freqüentemente visitar o Sr. Café e este lugar tão especial para ambos, recheado de significados. Com o tempo Maria Eduarda cresceu de forma gigantesca como pessoa, e algumas atitudes que estavam nascendo começaram a obter força e obstinação.
Hoje a Maria Eduarda que entrou nunca mais foi à mesma depois que saiu deste lugar especial, houve momentos que Duda se puniu e sentiu vergonha de si mesma por desejar e até por freqüentar este lugar tão especial mas que também é rotulado como lugar não adequado etc.
Onde a sociedade machista e preconceituosa rotulava Duda como uma vagabunda por freqüentar um lugar estritamente masculino, mas ela se mostrou sempre firme e obstinada agindo de acordo com o seu desejo e não levando em conta o que outros pensam e falam sobre ela e as suas escolhas.
Seria pura ilusão dizer que Duda não sofreu nenhuma represália dos freqüentadores da tabacaria, os homens que sempre sentiram seguros por estar num lugar onde a presença feminina quase não existia até Maria Eduarda aparecer.
Maria Eduarda destruiu o murro onde estes machos se escondiam de suas companheiras / esposas, e num belo dia aparece uma mulher chamada Duda que intimidou a todos e deixando –os sem graça por conta da sua forma ousada, descontraída, verbalizando o que todos pensam mas temem se colocar.
Ao mesmo tempo eles descobriram que existe a possibilidade de verdadeiramente pairar sobre este mundo uma mulher independente que não espera encontrar um trouxa pra banca –lá. Onde viver e batalhar pelo almeja não deixa ninguém alejado. Pelo contrário esta mulher totalmente rara e especial faz questão de batalhar pelos seus objetivos profissionais, obtendo seu espaço ao lado do sol pelas suas próprias mãos sem nenhum empurrãozinho.
Duda além de ter sua filosofia de vida e princípios intocáveis, apresenta-se uma mulher independente e determinada, porém também em alguns momentos deixa aparecer uma mulher frágil e que deseja ser amada, paparicada, cuidada não porque alguém deseja apenas “come-la” e sim por que ela é alguém especial e que faz com que “X” sinta –se completo.
O Sr. Café já disse em outras vezes para Duda que ele já observou que os homens temem Duda. Isso já a deixou muito triste hoje tem muito claro para si mesma que amar não é somente um sentimento , uma emoção mas sim uma escolha em deixar –se envolver apenas com que mereça.
Mas por enquanto o Sr. “X” não aparece Maria Eduarda curte o seu hábito de degustar um bom puro (charuto) porque não um cachimbo ou cigarrilha acompanhada pelo Sr. Café e alguns amigos que fizeram.


Um comentário:

MP3 e MP4 disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the MP3 e MP4, I hope you enjoy. The address is http://mp3-mp4-brasil.blogspot.com. A hug.