sexta-feira, 30 de maio de 2008


SEGUIR O CORAÇÃO


A maioria das mulheres passam a maior parte do tempo querendo agradar os homens, porque infelizmente vivemos numa sociedade machista que espera e almeja isto. Quando surge uma mulher que não segue as normas e padrões determinados pela sociedade esta mulher que quebra estas regras acaba sendo rotulada como louca, inconseqüente entre outras coisas.
Maria Eduarda é uma destas que por ser autêntica e ousada, paga um preço alto por ser ela mesma. Familiares e amigos condenam Duda , mas ninguém para pra tentar se colocar no lugar dela, e muito menos apóia ela, o lance é cobrar.
Muitas vezes o Sr. Café ganha umas patadas e Duda acaba sendo ríspida com ele e tudo mais, porque o excesso de cobrança e exigências. Sem contar que as pessoas nunca pensam que muitas vezes tomamos determinadas atitudes por que é uma forma de evitar maior sofrimento.
Isso tudo porque o passado ensinou e marcou deixando muitas cicatrizes que às vezes voltam a jorrar sangue. Por conta do presente que inesperadamente favorece um dejavú ou uma situação semelhante que evoca os mesmos sentimentos que foram causadores das cicatrizes.
Há um amigo de Duda e que também é amigo do Sr. Café por conta de um dos hábitos requintados que eles possuem (degustação de tabaco- cachimbo) sempre brinca com Duda dizendo que ela é uma muralha de gelo maior que a muralha da China.
Mas eles sabem que ela não é assim por sacanagem mas por que hoje ela busca se proteger.

Um comentário:

EU TAMBÊM QUERO FALAR "UMAS"!!! disse...

"Sei que o amor me pegou, não esperava, e agora meu coração pode morrer de paixão, se você for embora.

BEIJOS ESCRITORA,MUSA"

carlos.